31 de dez de 2010

New York, New York

Olá amoooores. Como foram de Natal?


Eu vim aqui contar um pouquinho da minha experiência de Natal =D.

Bem gente, eu vim contar de NY. Noss, tem muita coisa pra contar. Vamos começar?

Bem, no dia 22, quarta – feira, a Grace levou a gente pro aeroporto de San Diego.

Enquanto esperávamos para fazer o check-in sentamos em um banquinho e conseguimos entender o papo de uma mulher, que estava sentada do nosso lado, que falava no celular. Não posto o papo aqui porque é proibido para menores de 69 anos. :X

A viagem para NY foi bem chatinha. Foram 4 horas de viagem e para a nossa “sorte” pegamos o último acento. O avião tremia tanto que pensei que estava indo para o Mato Grosso de carro. ¬¬

Após ter virado a noite no avião, assistindo seriado, chegamos na “terra da liberdade”.

Já eram 5 e pouca da manhã. Pegamos um airtrain, e depois um metrô. Falando nisso, a Estação de Japeri não perde em nada para as de NY. =(

Andamos bastante para chegar ao hotel. O frio no rosto podia congelar. Já no hotel conseguimos entender muito bem o inglês, e pelo que percebi o acento deles é bem mais compreensível que o da Califórnia.

Chegamos no quarto e logo descemos para tomar café. Descemos no elevador com um torcedor do Flamengo. E meeeeeeu Deus, quanto brasileiro nessa cidade!

Descansamos 2 horinhas e fomos andar por Medium Manhatan. Um lugar mais lindo que o outro.

Fomos à Central Station, no Rockfeller Center, a loja do Lego, 5º Avenida, Time Square, Ed. Chrysler, Catedral de St. Patrick, Broadway, estúdio da NBC, Parque Bryant e a Biblioteca Pública, que é aquela do filme “um dia depois de amanhã”.

Enquanto estávamos no Rockfeller Center começou a nevar, mas foi tão pouquinho... =(

Na Broadway, por causa dos letreiros, lembra muito Las Vegas, com todas aquelas luzes. =D

Ao voltar para o hotel, tomamos um banho e fomos dormir, porque depois de um dia virada, merecíamos uma cama.

No dia seguinte, dia 24, fomos à Estátua da Liberdade e na Ilha Ellis. A estátua é pequenininha, mas é linda. Nós não desembarcamos, pois tínhamos muita coisa para fazer. Fomos onde era o World Trade Center, e hoje é um canteiro de obra. Tiramos foto no Charging Bull, na Broadway-sul.

Depois fomos para o norte, Uptown. Fomos ao Museu de História Natural, lindo! Mas o que me deixou triste foi que eles colocaram um mapa do Brasil que a legenda era AMAZONIA, só que pegava o país todo. Sem contar que excluíam o sul do Brasil. Não é a toa que eles acham que o Rio de Janeiro tem floresta, macaco e cobra passeando. =(

Depois de atravessar o Central Park, fomos ao Metropolitan Museum. Perda de tempo, pois a única coisa que valia a pena era a parte de cultura Egípcia.

Descemos a 5º avenida andando e fomos ao MoMA, mas como era véspera de Natal os museus fecharam mais cedo e infelizmente chegamos tarde.

Na 5º Avenida tiramos várias fotos de lojas enfeitadas, lindíssimas!

Nossa ceia foi um pedaço de pizza e depois fomos para o hotel. Lá participamos do Amigo Oculto da minha família, via Skype. O que seria da minha vida sem a tecnologia??

Curtimos um pouco a festa de Natal da família. Ah, agora sou uma jornalista: ganhei um gravador de voz digital.

Dia 25, nosso último dia, fomos ao Central Park e andamos de charrete. Lindo!!! O parque é maravilhoso, lindo demais.

Depois fomos ao Top of the rock. 67 andares e uma vista maravilhosa. A cidade a noite fica toda iluminada, linda linda.

Voltamos para o hotel pela 5º avenida e vimos o que é a cidade lotada. 25 de dezembro, à noite, parecia a 25 de março.

A volta para San Diego foi tão chata quanto a ida Voltei vendo Ghost. =D

Não pegamos neve, mas foi uma ótima viagem. Ameeeei! =D

Gente, o próximo post será diretamente do Brasil. É tão bom falar isso =P. Então, boa virada de ano para vocês. Até 2011!



Beijinhos.

0 comentários:

Postar um comentário